Loading ...

Clique e oiça!!!

Clique e oiça!!!
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

5. 925 LETRAS // 1.500.000 VISITAS // DEZEMBRO 2019

Chegam-me as saudades

Diogo Clemente / Mário Laginha *fado penedo*
Repertorio de José Manuel Barreto

De tempo a tempo chegam-me as saudades
Mal feito fora se hoje as não tivesse
Desertam-me de angustias e ansiedades
Se assim não fosse amor, antes morresse

Chegaste-me outra vez, como o Agosto
Que trago ao longe, ao fim, p’ra lá da dor
Por trás de tantos anos do meu rosto
A vida emudeceu o meu amor

E porque te não tenho ao pé de mim
Eu canto livremente estas verdades
Se me ouves, sabes bem que sou assim
De tempo a tempo chegam-me as saudades