Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes.
Loading ...

Por questões de funcionalidade, existem índices divididos em 2/3 colunas.

Os Fados de Coimbra bem como os Fados Humorísticos estão em colunas próprias.

Procure a letra do Fado * Pelo título correto * E veja aqui publicado * O seu Fado predileto.

Se não encontra o Fado preferido // Envie, por favor, o seu pedido.

6.000 Publicações <> 1.750.000 Visitas <> Maio 2020

-

Fonte que secou

Mote de António Botto / Glosa de António Pires / Filipe Pinto *fado meia-noite*
Repertório de Rodrigo


Meus olhos que por alguém
Deram lágrimas sem fim
Já não choram por ninguém
Basta que chorem por mim


Lembram fonte que secou / Meus olhos entristecidos
Lembram rios ressequidos / Onde a vida se acabou
São a flor que murchou / Num desprezado jardim
São coisas chegando ao fim / São cores que já nem cor têm 

Meus olhos que por alguém
Deram lágrimas sem fim

Eu sofri perdidamente / Numa paixão esquecida
E passei anos de vida / Como a morrer lentamente
E meus olhos, fielmente / Perderam seu brilho assim
Até que agora por fim / É por vingança, ainda bem

Já não choram por ninguém 
Basta que chorem por mim