<> Canal de Rádio criado em homenagem a RODRIGO <>
Clique na imagem e oiça a Rádio Bocas do Fado

<> <> <>
Este espaço foi criado <> Com grande dedicação <> Por alguém que faz do fado <> A sua religião.

<> <> <>
As 5.845 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <>
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa.
Paulo Freire *filósofo* 1921 <> 1997

<> <> <>
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil <> Em caso de dificuldade não hesite em contactar <> fadopoesia@gmail.com

Livremente

Letra e música de Cristina Maria
Repertório da autora 

Eu quero ir pra além do horizonte
Onde o infinito céu possa beijar o mar
Das estrelas, porém, brilhará a solidão
Sem dor, assim no coração

Vem
Vem sonhar os meus sonhos
Vem tocar a minha alma
Vem ver o céu beijar o mar
Vem livremente
Vem

Se ao acordar a manhã não nascer
Contarei ao luar este sossego de amor
Não terei mais razão pra fugir dos meus sonhos
Serena, assim, o coração