- - - - - - - - - -

- - - - - - - - - -
- - - - - - - - - -

° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6.180 LETRAS PUBLICADAS // 1.930.000 VISITAS // OUTUBRO 2020

Atingido este valor // Que me faz sentir honrado // Continuo, com amor // A ser servidor do fado.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se não encontra o Fado preferido // Envie, por favor, o seu pedido.

Rosa do rio

Manuel Carvalho / Raúl Pinto
Repertório de Manuel Soares 

Num sombrio rés-do-chão
Da rua dos Canastreiros
Viveu a Rosa Maria
Mesmo defronte ao Reimão
Onde rufias barqueiros
Iam ao fado vadio

Nesse rés-do-chão sombrio
Só tinha por companhia / A sua velha redoma
Havia sempre um pavio
Aceso de noite e dia / À senhora da Vandoma

Amou fidalgos artistas
Assumiu de corpo inteiro / Seus pecados com vaidade
Riu-se das suas conquistas
Apenas um marinheiro / A fez chorar de saudade

Lavava roupa no Douro
Passava o tempo a brunir / P’ra seu sustento danado
Sua voz era um tesouro
Ao destino quis fugir / Mas morreu cantando o fado