- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Meigo e doce

Maria de Lurdes Brás / Filipe Pinto *fado meia-noite*
Repertório de Maria de Lurdes Brás

No teu olhar meigo e doce
Nasce uma nova aventura
A velha ferida fechou-se
Por me olhares com ternura

Vi bem fundo certa vez / Bondade em teu coração
Ao posares com timidez / O teu doce olhar no chão

A verdade, não intimida / Quando è sincera e pura
A semente ganha vida / Até na terra mais dura

Quando uma seta se crava / No mais pobre coração
Mesmo na roseira brava / Nasce uma flor em botão