- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Fumo nos olhos

Artur Ribeiro / Pedro Rodrigues
Repertório de Conceição Tavares

Há fumo nos olhos meus
Mas hoje não quero abrir
Meus olhos, enquanto canto
A partir do teu adeus
Eu vou chorando a fingir
Que o fumo è causa do pranto

Fumo nos olhos cerrados
Olhos tristes de quem reza / De quem reza um fado triste
Meus olhos habituados
A chorarem de tristeza / Desde quando tu partiste

Assim de fumo tão cheios
Meus olhos são dois patetas / Que para castigo meu
Andam a contar anseios
Os anseios de poetas / 
Que são tristes como eu