- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - - - -
As 5.440 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os
- - - - -
Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE *filósofo*
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

É quando canto o meu fado

Letra e musica de Manuel Alcobia
Repertório de Vasco Rafael

É quando canto o meu fado
E que Lisboa anoitece
Que o meu amor acontece
Nas longas asas da noite;
Que é de noite que eu existo
E afasto a melancolia
Com que me visto de dia

É quando canto o meu fado
Que me encontro inteiramente
Neste corpo onde m' invado
Me ultrapasso intensamente;
Febrilmente vejo sombras
Refletindo um tal bailado
Nos movimentos dum fado

É quando canto o meu fado 
Que o meu amor se enternece
E que me meu corpo estremece
Nos braços da fantasia;
Que fantástica harmonia
E os movimentos da noite

Têm sons de sinfonia