- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Meu amor de antigamente

Mafalda Arnauth / Marino de Freitas
Repertório de Mafalda Arnauth

Meu amor de antigamente / A loucura desejada
Que me trazes, tão ardente / Não me queima, traz-me amada
Meu amor de antigamente
Que me trazes em loucura, tão amada

E bendigo ter vivido / Para o dia de te ver
Meu amor de antigamente / Que tardaste a acontecer
Pois agora que te abraço / Sem memória nem passado
Meu amor de antigamente / Como é bom ter-te encontrado

Meu amor de antigamente / Eu sonhei-te em cada homem
Que cruzei tão imprudente / Meu amor de antigamente;
P’ra matar a minha fome
Eu sonhei-te, meu amor, em cada homem

Meu amor das minhas esperas / Suspirado e inventado
Fruto das minhas quimeras / És o céu por quem dou brado
Meu amor de todo o sempre 
És o fim, amor, do meu pecado