- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Desgarrada

Linhares Barbosa e Guilherme Pereira Rosa / Popular *fado menor*
Repertório de Lucília e Carlos do Carmo

A guitarra é toda oca
Roubaram-lhe o coração
Por isso anda como louca
A chorar de mão em mão

Toda
a folha que foi verde / Se arrasta nos vendavais
O vento a leva e a perde / Ao tronco não volta mais

Aos bocadinhos sofrendo / Ponho de parte as tristezas
E assim cá vou vivendo / Nesta vida de incertezas

Às vezes é um disfarce / O ódio que a gente sente
É a saudade a lembrar-se / De quem se esquece da gente

O fado tenho cantado / Por esta Lisboa à toa
Não há Lisboa sem fado / 
Não há fado sem Lisboa