- - - - - - - - - -

- - - - - - - - - -
- - - - - - - - - -

° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6.170 LETRAS PUBLICADAS // 1.970.000 VISITAS // OUTUBRO 2020

Atingido este valor // Que me faz sentir honrado // Continuo, com amor // A ser servidor do fado.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Existem (pelo menos) 90 letras publicadas que nao constam do índice.

Caso encontre alguma avise-me, por favor.

Se não encontra o Fado preferido // Envie, por favor, o seu pedido.

Tenho a vida das marés

Henrique Abreu / Armando Machado *fado licas*
Repertório de Henrique Abreu


Dizem que eu tenho a vida das marés
Porque nasci da morte em qualquer mar
Percorrendo o mundo de lés a lés
Lancei amarras antes de chegar

Eu destruí o mapa da viagem
Na fogueira que a dor incendiou
Mas fica sempre uma leve miragem
Da bonança que fui e já não sou

Então seguindo a rota do vento
Eu vou gastar as ondas no meu peito
E assim hei-de apagar o sofrimento
Que envolve o meu coração imperfeito

Todo o amor é feito de inconstância
Tal como as marés nunca são iguais
Mas ninguém pode viver de lembrança
De um tempo que não volta nunca mais