- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.500 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Meias verdades

António Laranjeira / Rogério Ferreira e Rodolfo Godinho
Repertório de Cláudia Leal 

Se verdades me dissessem
Seriam meias verdades
Por me perder nas saudades
Que tais verdades trouxessem;
E se de amor padecessem
As nossas fragilidades
P’ra me perder de saudades
Que outras verdades viessem

Se verdades te contassem / Seriam sempre verdades
De tantas coisas que sabes / De nós, tão pouco falassem;
Mas se calados ficassem / Fosse o que menos custasse
Se só verdades contassem / E com saudades chorasses

Se coragem não tiver / E a minha luz se apagar
Basta de ti me lembrar / Para de ti me esquecer;
Nada que possam dizer / Me vai fazer recuar
A minha fé vai chegar / O fado faz-me viver;
Se coragem não tiver / Basta de ti me lembrar