-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores dos temas aqui apresentados.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* 7.350' LETRAS <> 3.180.000 VISITAS * ABRIL 2024 *

. . .

Rosa cantadeira

João de Freitas / Alfredo Correeiro *marcha do correeiro*
Repertório de Júlio Peres

A Rosa cantava o fado
Mas o fado afadistado
O que nasceu na viela
E um fidalgo de samarra
Tocava a sua guitarra
Muita vez, em casa dela

Sua voz era o lamento
Nascida no sofrimento 
Da sua grande paixão
Pois ela quando cantava 
Parecia até que rezava 
Em fervorosa oração

Todos gostavam da Rosa 
Por ser crente e ser bondosa 
Como fada benfazeja
E na rua onde morava 
Assim que ela passava 
Diziam: bendita seja

Um dia a Rosa partiu 
Há quem diga que fugiu 
Com o fidalgo afadistado
Desde então nessa viela 
Nunca mais souberam dela
Nem se cantou mais o fado