- - -

- - -
° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...
- - -
° 6.000 Letras Publicadas // 1.800.000 Visitas ° 10.07.2020
- - -
° Por questãoes de funcionalidade existem índices divididos em 2/3 colunas // Os fados de Coimbra e os Humorísticos estão em colunas isoladas °
- - -
° Procure a letra do Fado // Pelo título correto // E veja aqui publicado // O seu Fado predileto // Se não encontra o seu fado preferido // Envie, por favor, o seu pedido °
- - -
° fadopoesia@gmail.com °

.

Em que mundo nasci

Artur Ribeiro / Fernando Freitas *fado noquinhas*
Repertório de Tristão da Silva

Em que mundos nasci, a que mastro me asteio
E porque fui deposto neste covil de loucos
Em que ventre pari os versos que trauteio
Porque me foi imposto ter de cantar a moucos

De que marés sobrei, a que ventos me agito
Porque razão aceito ser boneco de corda
Porque me acomodei, porque raios não grito
Homem ao mar... e deito meu corpo pela borda

Em que mundos nasci, que trago na ideia
Ao deitar a fatexa a perdidos dilemas
A que mundos desci, que sem que ninguém leia
Escrevo a fazer queixa de min, nos meus poemas