- - - - - - - - - -

- - - - - - - - - -
- - - - - - - - - -

° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Existem (pelo menos) 80 letras publicadas que não constam do índice. Caso encontre alguma avise-me, por favor.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6.200 LETRAS PUBLICADAS // 2.028.600 VISITAS // Janeiro 2020

Atingido este valor // Que me faz sentir honrado // Continuo, com amor // A ser servidor do fado.

.

Noites perdidas *Mourão*

Fernando Ribeiro / Georgino de Sousa *fado georgino*
Repertório de António Mourão

Noites perdidas num sonho
Em que morrendo, suponho
Que vale a pena viver
Noites em que eu me encontrei
Tão perdido que me olhei
Sem sequer me conhecer

Noites de névoa e de breu
Em que eu deixei de ser eu / Para ser quem sou agora
Noites de luta sangrenta
Da treva que me alimenta / E da luz que me devora

Noites de negras vielas
Na solidão das janelas / Olhando o mar e a lua
Noites de fogo e de frio
Quem me inundam como um rio / A transbordar pela rua

Noites do amor feito crime
Que me condena e redime / Do pecado de viver
Noites em que eu me encontrei
Tão perdido, que já sei / Que vale a pena morrer