- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Canal de JOSÉ FERNANDES CASTRO em parceria com RÁDIO MIRA

RÁDIO apadrinhada pelo mestre *RODRIGO*

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
AS LETRAS PUBLICADAS REFEREM A FONTE DE EXTRAÇÃO, OU SEJA: NEM SEMPRE SÃO MENCIONADOS OS LEGÍTIMOS CRIADORES
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
ATINGIDO ESTE VALOR // QUE ME FAZ SENTIR HONRADO // CONTINUO, COM AMOR // A SER SERVIDOR DO FADO
POIS MESMO DESAGRADANDO // A TROIANOS MALDIZENTES // OS GREGOS VÃO APOIANDO // E VÃO FICANDO CONTENTES
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
6.515 LETRAS PUBLICADAS <> 2.552.800 VISITAS < > AGOSTO 2022
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Amarrotada

Carlos Leitão / Armando Machado * fado mortalha*
Repertório de Célia Leiria

Meu amor faltou o adeus
A saudade prometida
Os sonhos que foram meus
Já deixaram de ser teus
No passo incerto da vida

Deixaste-me quase nada / Pouco mais que solidão
Uma esperança amarrotada
Que junto à porta fechada / Vai ficando pelo chão

Resta-me o tempo a passar / Depressa, p’ra te esquecer
Não sei se tu vais voltar
Mas se te deixar de amar / Foi porque tinha de ser
Não sei se tu vais voltar
Mas deixarei de te amar / Meu amor, sem te perder