<> Existe um espaço de 20 segundos entre o começo do Fado e a sua identificação <>
Loading ...
<> <> <> <> <>
Vai certamente encontrar // Algumas incorreções /:/ Se quiser, pode ajudar // Com boas informações.

<> <> <> <> <>
As letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <> <> <>
A seguir aos índices encontrará uma lista aconselhável de FONTES de FADO !!!

<> <> <>

<> <> <>
5.680 Letras / 1.320.000 VISITAS // JULHO 2019

Fado da serra

Ary dos Santos / Joaquim Luíz Gomes
Repertório de Carlos do Carmo

Minha serra, cabeça de altas montanhas
Nevada de altas tormentas, rebanho de dores tamanhas
Minha serra de casas tristes e escuras
Quase negras, das cinzentas lareiras das amarguras

És moça raiana, saia de cambraia
Estrela que a manhã raia
Oração profana dirigida ao céu
Estrela dum céu que não é meu

Minha serra, neve, cajado, pastor
Força dum homem sózinho que só do cão tem amor
Minha serra, meu amor deixado na lã
Numa cama maior, que há-de ser cobertor do calor de amanhã

És moça raiana, saia de cambraia
Estrela que a manhã raia
Oração profana dirigida ao céu
Estrela dum céu que chama

Minha serra, altura do sofrimento
Aos ombros dos homens mais puros, és mais alta que o vento
Minha serra escalada como uma igreja
Aos ombros dos homens mais duros para que esta terra seja

És moça raiana, saia de cambraia
Estrela que a manhã raia
Oração profana dirigida ao céu
Estrela dum céu que é meu