- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Quando Morfeu não vem

Paco Gonzalez / Renato Varela *fado varela*
Repertório de Tristão da Silva

Fugiu de mim há muito, a voz do sono
Desperto, vivo a vida para sentir
Que não sendo de mim o próprio dono
Muito menos sou dono de dormir

Eu sou dos vendavais e dos caminhos
Mais tenebrosos que a vida pode ter
Sou a raiva de ver os pobrezinhos
E sou a dor de lhes não poder valer

Eu sou o pé descalço na calçada
Sou o jornal que serve de colchão
Sou a boca que mesmo amordaçada
Suspira por justiça, amor e pão

Ai se eu pudesse ser no mundo, o rei
Do mistério a que chamo poesia
Em versos eu diria o que não sei
Depois, então estou certo que dormia