- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

O portão do fado

Paulo Conde / Miguel Ramos *fado alberto*
Repertório de Daniel Gouveia

Na rua de São Pedro mora o fado
Por trás do zinco dum portão velhinho
E à noite Alfama entoa o seu recado
Nas pedras já poidas do caminho

Lá dentro, cantam fado mais castiço
Trovadores duma casta mais bairrista
Por isso e apenas só por isso
O fado ali é muito mais fadista

Ao fundo, há um balcão improvisado
Que aguça o paladar de quem petisca
Não há ninguém que antes de ouvir fado
Se negue a provar uma patanisca

No bairro onde o fado é viva chama
Não passa por lá ninguém que não pense
Depois de visitar a velha Alfama
Entrar pelo portão do Adicense