- - - - -

- - - - -
<> Clique na imagem e oiça Fado <>
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.685 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Noite cerrada

António de Sousa Freitas / Nóbrega Sousa
Repertório de Maria da Fé

Eu ando perdida
A sós com o teu nome
E a sós com a vida
Que o tempo consome

Agora sozinha
Procuro-te em vão, é verdade
Mas tu já não vens e já não voltas
E em minha dor, há saudade

A tua lembrança
Que os nervos acalma
Em mim é esperança
Desespero e alma

Agora sou aquilo que tu vês
Agora não sou nada
Sou névoa de outrora
Sou névoa, noite cerrada