- - -

- - -
° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...
- - -
° 6.000 publicações <> 1.750.000 visitas <> Maio 2020 °
- - -
° POR QUESTÕES DE FUNCIONALIDADE EXISTEM ÍNDICES DIVIDIDOS EM 2/3 COLUNAS // Os fados de Coimbra e os Humorísticos estão em colunas isoladas °
- - -
° Procure a letra do Fado // Pelo título correto // E veja aqui publicado // O seu Fado predileto // Se não encontra o seu fado preferido // Envie, por favor, o seu pedido °
- - -
° fadopoesia@gmail.com °

.

Zé cauteleiro

Letra e música de: Fernando Farinha
Repertório de Fernando Farinha

Num quarto modeso e triste, morreu o Zé cauteleiro
Sem família, sem amigos, sem um simples companheiro
Ele que oferecia sorte num gesto feliz e franco
Na vida como na morte, teve sempre jogo branco

Já ninguém se lembra do Zé cauteleiro
Que a muitos, em vida, ofereceu dinheiro
Vida de cautelas, feita dum pregão
E apenas ganhou na terminação

Eu conheci bem o Zé, o Zé falava comigo
E de tal forma que até cheguei a ser seu amigo
Por vezes se lastimava e eu, sem querer, compreendia
Que a sorte que ele desejava era a mesma que oferecia