<>-----<>-----<> Existe um espaço de 20 segundos entre o começo do Fado e a sua identificação <>-----<>-----<>
Loading ...

5.915 LETRAS // 1.500.000 VISITAS // DEZEMBRO 2019

Fado Raquel

Letra e musica de Diogo Clemente
Repertório de Raquel Tavares  

Quem me vê debruçada na janela
Não venha debruçar-se sobre mim
Mas passe tristemente junto dela
E tristemente passe junto a mim

Que juntas estão as mãos com que apertei
As rosas e os beijos pela tarde
Que deu lugar à noite a que me dei
E sem querer me arde, ainda arde

Quem passar devagar não se demore
Acaso o choro a alma me encontrar
No fundo, não é tanto o quanto chore
É mais a dor calada de chorar

Que a espera que me prende no vazio
Deserta-me da vida junto dela
E outra vida surge como um rio
Ao ver-me debruçada na janela