- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Folhas caídas

Silva Tavares / António Melo
Repertório de Tristão da Silva

Com sua velha mania / De eterna renovação
Esta noite, a ventania / Cobriu de folhas o chão
Pisei várias de seguida / E ao passar na tua rua
Lembrei-me da nossa vida / De quando a minha foi tua

Também tu 
Foste arrastada plo turbilhão
E tão fresca e delicada
Que para não seres pisada 
Eu apanhei-te do chão
Mas tu eras mulher
Não eras qualquer folha vulgar de lieu (?)
E quanto mal me fizeste 
Com o pago que me déste
Sabe-o Deus e sei-o eu


Se vejo as árvores nuas / Logo entristeço e depois
Fujo de andar pelas ruas / Por onde andamos os dois
Recompuz a minha vida / Mas confesso com desgosto
Que ante um folha caída / 
Sinto a cor subir-me ao rosto