<>-----<>-----<> Existe um espaço de 20 segundos entre o começo do Fado e a sua identificação <>-----<>-----<>
Loading ...

5.915 LETRAS // 1.500.000 VISITAS // DEZEMBRO 2019

Nenhum de nós

Marco Oliveira / Miguel Amaral
Repertório de Miguel Xavier
    
De tudo o que dissemos, faltou dizer adeus
Chorar, seguir de vez por essa longa estrada
O tempo foi passando, levou-me beijos teus
E as cartas que escrevi ficaram sem morada

Eu nunca mais te vi, tu nunca mais me viste
Nas mesmas velhas ruas onde a saudade mora
Saudade de nós dois, do amor que ainda existe
Por pena desespera, de mágoas se demora

É tudo tão diferente, bem sei que já mudaste
Em tudo o que sonhava, em tudo o que sentisse
Mas lembra-te de mim na vida que encontraste
Adeus, amor, adeus; nenhum de nós o disse