- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Canal de JOSÉ FERNANDES CASTRO em parceria com RÁDIO MIRA

RÁDIO apadrinhada pelo mestre *RODRIGO*

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
AS LETRAS PUBLICADAS REFEREM A FONTE DE EXTRAÇÃO, OU SEJA: NEM SEMPRE SÃO MENCIONADOS OS LEGÍTIMOS CRIADORES
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
ATINGIDO ESTE VALOR // QUE ME FAZ SENTIR HONRADO // CONTINUO, COM AMOR // A SER SERVIDOR DO FADO
POIS MESMO DESAGRADANDO // A TROIANOS MALDIZENTES // OS GREGOS VÃO APOIANDO // E VÃO FICANDO CONTENTES
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
6.525 LETRAS PUBLICADAS <> 2.572.800 VISITAS < > SETEMBRO 2022
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Fado Eliana

Tributo do poeta Fernando Campos Castro

Foi fado, amor e vida que nos deste
E até os dias vãos foram vividos
Do fado que foi teu quando nasceste
E que cumpriste em todos os sentidos


Ninguém pode fugir ao seu destino
E não fugiste ao teu porque sabias
Por mais que um fado seja pequenino
Tem sempre muitas dores e alegrias

Foi fado ELIANA a tua vida
Vivida até ao fim intensamente
Por isso não serás nunca esquecida
Por quem te amou e ama eternamente

Por teres sido mulher feita verdade
Ao dar a toda a gente o teu amor
Deixaste em nós o sopro da saudade
Que deixa quem é grande e é maior