<>-----<>-----<> Existe um espaço de 20 segundos entre o começo do Fado e a sua identificação <>-----<>-----<>
Loading ...

5.915 LETRAS // 1.500.000 VISITAS // DEZEMBRO 2019

Amor zagal

Henrique Rego / Alfredo Duarte *fado cravo*
Repertório de Alfredo Marceneiro

Não queiras ir pra cidade
Despreza o teu pensamento
Deixa-te estar que estás bem
Não tens amor à herdade
Onde foi teu nascimento
Onde morreu tua mãe

Ouve o que eu te vou dizer
Escuta meus ais, Margarida / Não me faças mais sofrer
Fica comigo, querida
Enleada nos meus braços / Para sempre, até morrer

Tenta dar um passo errado
Olvidando as companheiras / Deste torrão adorado
E as carícias tão fagueiras
Do  que te quero oferecer / Um coração dedicado

Por mim serás adorada
Um grande acolhimento / Com uma condição, porém
Celebrarmos o casamento
Onde foi teu nascimento / Onde morreu tua mãe