<> Existe um espaço de 20 segundos entre o começo do Fado e a sua identificação <>
Loading ...
<> <> <> <> <>
Vai certamente encontrar // Algumas incorreções /:/ Se quiser, pode ajudar // Com boas informações.

<> <> <> <> <>
As letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <> <> <>
A seguir aos índices encontrará uma lista aconselhável de FONTES de FADO !!!

<> <> <>

<> <> <>
5.680 Letras / 1.320.000 VISITAS // JULHO 2019

Ninguém há-de saber

Fernando Campos de Castro / Miguel Ramos *fado alberto*
Repertório de Pedro Vilar

Ninguém há-de saber do nosso amor
Nem nada do que sinto ou que tu sintas
Ninguém há-de saber seja o que for
Das nossas duas bocas tão famintas

Ninguém há-de saber da luz intensa
Que há num corpo assim amotinado
Nesta secreta entrega assim suspensa
Entre o prazer divino e o pecado

Ninguém há-de saber do nosso cheiro
Do mundo que nós pomos num só verso
Ninguém há-de saber do paradeiro
Do nosso amor maior que o universo

Ninguém há-de saber desta ternura  
Nem do segredo amor que ouço e digo
Ninguém há-de saber desta loucura
De quando morro e vivo a sós contigo