- - -

- - -
° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...
- - -
° 6.000 Letras Publicadas // 1.7550.000 Visitas ° Maio 2020
- - -
° Por questãoes de funcionalidade existem índices divididos em 2/3 colunas // Os fados de Coimbra e os Humorísticos estão em colunas isoladas °
- - -
° Procure a letra do Fado // Pelo título correto // E veja aqui publicado // O seu Fado predileto // Se não encontra o seu fado preferido // Envie, por favor, o seu pedido °
- - -
° fadopoesia@gmail.com °

.

Balada de Lisboa

Manuel Alegre / Fontes Rocha
Repertório de Patrícia Costa

Em cada esquina te vejo / Em cada esquina te vais
Esta é a cidade que tem / Teu nome escrito no cais

A cidade onde desenho / Teu rosto com sol e Tejo
Em cada esquina te vais / Em cada esquina te vejo

Esta é a cidade onde chegas / Nas manhãs da tua ausência
Tão perto de mim, tão longe / Tão fora de seres presente

Teu rosto de sol e Tejo / Tão doente da viagem
Esta é a cidade onde moras / Como quem está de passagem

Esta é a cidade onde estás / Como quem nunca mais vem
Tão longe de mim, tão perto / Ninguém assim por ninguém

Em cada dia regressas / Em cada dia te vais
Esta é a cidade onde estás / Como quem não volta mais