-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores dos temas aqui apresentados.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* 7.255 LETRAS <> 3.120.500 VISITAS * MARÇO 2024 *

. . .

Balada de Lisboa

Manuel Alegre / Fontes Rocha
Repertório de Patrícia Costa

Em cada esquina te vejo 
Em cada esquina te vais
Esta é a cidade que tem 
Teu nome escrito no cais

A cidade onde desenho 
Teu rosto com sol e Tejo
Em cada esquina te vais 
Em cada esquina te vejo

Esta é a cidade onde chegas 
Nas manhãs da tua ausência
Tão perto de mim, tão longe 
Tão fora de seres presente

Teu rosto de sol e Tejo 
Tão doente da viagem
Esta é a cidade onde moras 
Como quem está de passagem

Esta é a cidade onde estás 
Como quem nunca mais vem
Tão longe de mim, tão perto 
Ninguém assim por ninguém

Em cada dia regressas 
Em cada dia te vais
Esta é a cidade onde estás 
Como quem não volta mais