- - -

- - -
° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...
- - -
° 6.000 Letras Publicadas // 1.7550.000 Visitas ° Maio 2020
- - -
° Por questãoes de funcionalidade existem índices divididos em 2/3 colunas // Os fados de Coimbra e os Humorísticos estão em colunas isoladas °
- - -
° Procure a letra do Fado // Pelo título correto // E veja aqui publicado // O seu Fado predileto // Se não encontra o seu fado preferido // Envie, por favor, o seu pedido °
- - -
° fadopoesia@gmail.com °

.

Canção do exílio

Manuel Alegre / António Portugal
Intérprete: António Bernardino


Eu vivo lá longe, longe / Onde passam os navios
Mas um dia hei-de voltar / Ás águas dos nossos rios
Eu vivo lá longe, longe

Hei-de passar nas cidades / Como o vento nas areias
E abrir todas as janelas / E abrir todas as cadeias
Eu vivo lá longe, longe

Hei-de passar a cantar / Pelas ruas da cidade
Erguendo na mão direita / A espada da liberdade
Eu vivo lá longe, longe