<>-----<>-----<> Existe um espaço de 20 segundos entre o começo do Fado e a sua identificação <>-----<>-----<>
Loading ...

5.915 LETRAS // 1.500.000 VISITAS // DEZEMBRO 2019

Pardalitos

Letra e musica de Filomeno Silva
Repertório de Filomeno Silva

Saltam da ponte como pardais a voar
Contam á gente o sabor que a vida tem
E não dão conta dos saltos que a vida dá
Esses putos que amanhã serão adultos também

Começam por andar ao desvario
Esquecem a fome e o frio
Só p’ra andar na brincadeira
Seus olhos são a corrente do rio
Cada barco é um navio
Para os putos da Ribeira

A vida destes meninos
Que nos seus corpos franzinos
Vivem á mercê da sorte
Não conhecem fados nem destinos
P’ra esses pardais pequeninos
Não há maldade nem morte