- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Canal de JOSÉ FERNANDES CASTRO em parceria com RÁDIO MIRA

RÁDIO apadrinhada pelo mestre *RODRIGO*

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
AS LETRAS PUBLICADAS REFEREM A FONTE DE EXTRAÇÃO, OU SEJA: NEM SEMPRE SÃO MENCIONADOS OS LEGÍTIMOS CRIADORES
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
ATINGIDO ESTE VALOR // QUE ME FAZ SENTIR HONRADO // CONTINUO, COM AMOR // A SER SERVIDOR DO FADO
POIS MESMO DESAGRADANDO // A TROIANOS MALDIZENTES // OS GREGOS VÃO APOIANDO // E VÃO FICANDO CONTENTES
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
6.525 LETRAS PUBLICADAS <> 2.552.800 VISITAS < > AGOSTO 2022
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Fado mentido

Pedro Sena Lino / Carlos Gonçalves
Repertório de Paulo Bragança

Água da noite / Gestos ardidos

Torres subidas / Degraus partidos
Corpos de nós / Lumes feridos

Tão doce morte / Comigo dormiu

Noites de nunca / Sonhos de pedra

Escadas deitadas / Em doce guerra
Febre beijada / Anjo de terra

Tão suave morte / Comigo nasceu

Sítio de gelo / Onde era fogo

Estrelas perdidas / Ferido jogo
Mentiras dadas / Noites quebradas

Tão perto a morte / Comigo viveu

Leitos ardidos / Inverno ardente

Lugares morridos / Partem comigo
Sítios beijados / Partem comigo

Tão dentro a morte / Connosco partiu

Fado mentido / Gestos magoados
Corpos unidos / Sonhos cansados
Luas de sangue / Dois sóis queimados
A nossa morte / Contigo nasceu

Água da noite / Onde era fogo
Escadas deitadas / Estradas perdidas
Noites quebradas / Mentiras dadas
A minha morte / Comigo nasceu