- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.580 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Casa roubada

Daniel Gouveia / Raúl Ferrão *fado carriche*
Repertório de José da Câmara

Sinto esta mágoa que corta
Por me negares a entrada
Puseste trancas à porta
Já tens a casa roubada

Se acabou tua paixão / A minha não ficou morta
Por não pisar o teu chão / Sinto esta mágoa que corta

Do amor extinguiu-se o lume / E, ao subir a tua escada
Fico doido de ciúme / Por me negares a entrada

Fiz-te feliz, dei-te um teto / Foste ingrata, foste torta
Em paga do meu afecto / Puseste trancas à porta

Se anda outro na procura / De estrear essa morada
Mesmo que abra a fechadura / Já tens a casa roubada