- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Lisboa é uma fragata

Jorge Rosa / Francisco José Marques *fado zé negro*
Repertório de Maria da Fé

Lisboa é uma fragata
De filigrana de prata
Quando o luar a salpica
À proa um nome gravado
As quatro letras de fado
Que tão bonito lhe fica

Lisboa é uma chinela
Saltitante e tagarela
Ao compasso dum pregão
Calçou um sonho varino
Que lhe pôs mar no destino
E fado no coração

Lisboa é uma gaivota
Que de manhã desce à lota
E à tarde sobe o Chiado
Lisboa, eterno poema
Lisboa, que lindo tema
Lisboa, que lindo fado