- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Rádio apadrinhada pelo mestre RODRIGO

Rádio apadrinhada pelo mestre RODRIGO
CANAL DE JOSÉ FERNANDES CASTRO EM PARCERIA COM A RÁDIO MIRA

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Loading ...

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

* As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores *

<> 6.365 LETRAS <> 2.266.500 VISITAS <> SETEMBRO 2021 <>

* ATINGIDO ESTE VALOR /*/ QUE ME FAZ SENTIR HONRADO /*/ CONTINUO, COM AMOR /*/ A SER SERVIDOR DO FADO *

* POIS MESMO DESAGRADANDO /*/ A *TROIANOS* MALDIZENTES /*/ OS "GREGOS VÃO APOIANDO /*/ E VÃO FICANDO CONTENTES *

* NÃO ENCONTRA O FADO PREFERIDO? /*/ ENVIE, POR FAVOR, O SEU PEDIDO * fadopoesia@gmail.com

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

* NASCEU ASSIM... CRESCEU ASSIM... CHAMA-SE FADO // Vasco Graça Moura // Porto 03.01.1942 // Lisboa 27.04.2014 *

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As meninas da Terceira

Rui Pilar / Arlindo de Carvalho
Repertório de Amália Rodrigues

Às meninas da Terceira / Nem São Miguel agradou
Vaidade é má conselheira / Nenhuma lá namorou

As meninas da Terceira / Vão casar ao Continente
Vejam lá a brincadeira / Não temos cara de gente

As meninas da Terceira 
Numa cantiga brejeira
São laranjas sumarentas
Quem dera saboreá-las 
Se não fossem de más falas
Azedas e ciumentas

Nem sequer vê alegria / Nesses pãezinhos sem sal
Quem foi a Santa Maria / E esteve já no Faial

Na Terceira bate a asa / Quem quiser moça formosa
É bem melhor fazer casa / Em São Jorge ou Graciosa

Na Terceira, a chamarrita / A ninguém dá namorada
Meninas, dança bonita / Não se quer tão deslavada

A Terceira leva o rico / Noiva rica dos Açores
O pobre escolhe no Pico / Casa no Corvo ou nas Flores