- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Canal de JOSÉ FERNANDES CASTRO em parceria com RÁDIO MIRA

RÁDIO apadrinhada pelo mestre *RODRIGO*

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
AS LETRAS PUBLICADAS REFEREM A FONTE DE EXTRAÇÃO, OU SEJA: NEM SEMPRE SÃO MENCIONADOS OS LEGÍTIMOS CRIADORES
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
ATINGIDO ESTE VALOR // QUE ME FAZ SENTIR HONRADO // CONTINUO, COM AMOR // A SER SERVIDOR DO FADO
POIS MESMO DESAGRADANDO // A TROIANOS MALDIZENTES // OS GREGOS VÃO APOIANDO // E VÃO FICANDO CONTENTES
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
6.525 LETRAS PUBLICADAS <> 2.572.800 VISITAS < > SETEMBRO 2022
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Bairro Alto da cidade

Hélder Moutinho / António Neto
Repertório de Marco Rodrigues 

Bairro Alto de Lisboa
Cenário das madrugadas
Abrigo de quem perdoa
As noites abandonadas

Bairro Alto da cidade / Duma cidade crescida
Mora a palavra saudade / Nas vozes da tua vida

É de cinzento vestido / Que sais à tarde p'ra rua
Mas à noite és colorida / Quando a verdade é mais nua

Cenário das madrugadas / Duma cidade crescida
Bairro Alto de Lisboa / És uma asa ferida

Bairro Alto de Lisboa / Miradouro do luar
A proa duma canoa / Onde Lisboa é o mar