<>-----<>-----<> Existe um espaço de 20 segundos entre o começo do Fado e a sua identificação <>-----<>-----<>
Loading ...

5.915 LETRAS // 1.500.000 VISITAS // DEZEMBRO 2019

Tempo é fome

José Luís Gordo / José António Sabrosa *fado velho*
Repertório de Ricardo Ribeiro

Meu amor, a Primavera
Acabou, já não há verde
Meu amor, na longa espera
Morre o meu corpo de sede

Meu amor, que é das raízes / Que sustinham nossas vidas
Meu amor, nada me dizes / Passam as horas esquecidas

Vem de longe esta saudade / Que me faz andar tão perto
Meu amor, tudo é verdade / Quando p‘ra vida desperto

Trago os meu lábios gretados / De chamarem o teu nome
Canto-te em todos os fados / Meu amor, o tempo é fome