- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.515 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Ai amigos quem me dera

Domingos Gonçalves Costa / Raul Ferrão
Repertório de Fernanda Maria 

Ai amigos quem me dera
Viver no tempo passado
Em que a Maria Severa
Era a rainha do fado

Poder cantar ao desafio
À luz do luar, noites a fio
Com malta fixe da boémia e do passado
Correr enfim, toda a Lisboa
A Mouraria, a Madragoa
Mostrar contente a toda a gente o nosso fado

Ir em qualquer traquitana
De rosas toda enfeitada
Até ao Campo de Santana
A uma castiça toirada

Depois voltar à linda Alfama
E junto ao mar que tanto ama
Eu cantaria a serenata mais bairrista
Após raiar o novo dia
Ia descansar prá Mouraria
Louvando a Deus, amigos meus, por ser fadista