<> Existe um espaço de 20 segundos entre o começo do Fado e a sua identificação <>
Loading ...
<> <> <> <> <>
Vai certamente encontrar // Algumas incorreções /:/ Se quiser, pode ajudar // Com boas informações.

<> <> <> <> <>
As letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <> <> <>
A seguir aos índices encontrará uma lista aconselhável de FONTES de FADO !!!

<> <> <>

<> <> <>
5.680 Letras / 1.320.000 VISITAS // JULHO 2019

29 de Novembro de 1995

Carlos Zel / Filipe Pinto *fado meia-noite*
Repertório de Carlos Zel

Dia de chuva inclemente
Cinzento de solidão
Cai chuva constantemente
Chove no meu coração

Dia tão triste de inverno / Tão frio, cheio de vento
E as trovoadas do inferno / Turvam o meu pensamento

E as nuvens negras, pairando / Por força do vento norte
São como eu, vão esperando / A fria noite da morte

E nessa hora, o meu fado / Que começou em menino
Terá então acabado / Pela força do destino