-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores dos temas aqui apresentados.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* 7.355' LETRAS <> 3.257.500 VISITAS * MAIO 2024 *

. . .

Fechei as portas à vida

Artur Ribeiro / Franklim Godinho *fado franklim*
Repertório de Tony de Matos 

Fechei as portas à vida
As alegrias à dor
E ficou logo em seguida
Fechado em mim este amor

Somente deixei à vista
Deste mundo maldizente
Uma lágrima trocista
A rir do mundo e da gente

Como as portas da prisão
Que não se podem abrir
Eu trago o meu coração
Desde que te vi partir

Pressinto que qualquer dia
Numa hora abençoada
Voltarás sem ironia
Sem arrogância, sem nada

Então, talvez me decida
A soltar meu coração
E abrir as portas à vida
Quando tu pedires perdão

A estrofe publicada a vermelho 
não foi gravada.