-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores dos temas aqui apresentados.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* 7.255 LETRAS <> 3.120.500 VISITAS * MARÇO 2024 *

. . .

Vielas d'Alfama

Artur Ribeiro / Maximiano de Sousa 
Repertório de Max 

Horas mortas, noite escura 
Uma guitarra a trinar 
Uma mulher a cantar
O seu fado de amargura 

E através da vidraça
Enegrecida e rachada (a) 
Aquela voz magoada
Entristece quem lá passa 

Vielas d'Alfama
Ruas da Lisboa antiga 
Não há fado que não diga 
Coisas, do vosso passado 
Vielas d'Alfama b
Beijadas pelo luar 
Quem me dera lá morar 
P'ra viver junto do fado 

A lua, ás vezes desperta
E apanha desprevenidas 
Duas bocas muito unidas
Numa porta entreaberta 

E então, a lua corada
Ciente da sua culpa 
Como quem pede desculpa
Esconde-se envergonhada

(a) Existe uma versão em que MAX  em vez de *rachada* diz*quebrada*