- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - - - -
As 5.440 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os
- - - - -
Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE *filósofo*
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Percurso de amor

José Pereira da Conceição / Adriano Roiz *fado macau*
Repertório de Nelson Duarte 

Blusa negra cingida
E debruada com folhos
Dessa forma assim vestida
Eras luz para os meus olhos

Saia xadrez preta e branca / No teu corpo de Sereia
Se abanavas a anca / Eras mar batendo a areia

Olhar-te assim à distância / Dos teus verdes quinze anos
Traz-me a suave fragância / Dos sonhos que ambos sonhamos

É tão bom poder amar / Dia a dia, vida fora
E sempre poder beijar / Os teus lábios cor de amora

O tempo que por ti passa / Não deixa mossa ao passar
E digo por tua graça / Que és jovem ao meu olhar

Quando estiver de partida / Vou levar-te nos meus olhos
De blusa negra vestida / E debruada com folhos