-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores dos temas aqui apresentados.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* 7.350' LETRAS <> 3.180.000 VISITAS * ABRIL 2024 *

. . .

Soneto à minha mãe

Letra e música de Fernando Farinha
Repertório do autor

Faz hoje anos, minha mãe, que tu morreste
Faz hoje anos que p’ra sempre te perdi
Faz hoje anos que esta luz a que me déste
Só tem brilho, só tem cor, pensando em ti

Faz hoje anos, minha mãe, que tu morreste
Faz hoje anos o meu dia mais ruim
Faz hoje anos, minha mãe, que um fim tiveste
Para o mundo, para os outros, não p’ra mim

Faz hoje anos, minha mãe, que tu morreste
Faz hoje anos que eu perdi o doce enlevo
Os teus beijos, teu amor e tuas preces

Como tu, p’ra que eu vivesse, a vida déste
Pudesse eu pagar-te agora o que te devo
Dando a vida p’ra que tu ‘inda vivesses