<> Existe um espaço de 20 segundos entre o começo do Fado e a sua identificação <>
Loading ...
<> <> <> <> <>
Vai certamente encontrar // Algumas incorreções /:/ Se quiser, pode ajudar // Com boas informações.

<> <> <> <> <>
As letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <> <> <>
A seguir aos índices encontrará uma lista aconselhável de FONTES de FADO !!!

<> <> <>

<> <> <>
5.680 Letras / 1.320.000 VISITAS // JULHO 2019

Amor de cabelos brancos

António Sala / Eduardo Olímpio
Repertório de Maria Dilar 


Estão sempre no jardim à beira cais
Um búzio de ternura em cada olhar
E à volta saltam putos e pardais
Eles saltam, a saudade a recordar 


Ele veste-lhe o casaco aconchegado
Ela pôe-lhe o cahecol num doce jeito 
Vão de braço dado, lado a lado 
Baloiçando o amor de encontro ao peito; 
Quem toda a vida amou, nunca envelhece 
São jovens estes velhos do jardim 
Amor, é este amor que permanece 
Desde o primeiro beijo até ao fim 

Dos filhos que tiveram, têm netos
Os netos, nova infãncia renascida
São dois velhos que se abrigam na ternura
E que tecem com ternura toda a vida