<> Canal de Rádio criado em homenagem a RODRIGO <>
Clique na imagem e oiça a Rádio Bocas do Fado

<> <> <>
Este espaço foi criado <> Com grande dedicação <> Por alguém que faz do fado <> A sua religião.

<> <> <>
As 5.850 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <>
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa.
Paulo Freire *filósofo* 1921 <> 1997

<> <> <>
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil <> Em caso de dificuldade não hesite em contactar <> fadopoesia@gmail.com

Falar, falar, só falar

Fernando Farinha / Domingos Camarinha
Repertório de Fernando Farinha

Não se consegue entender / As vozes da multidão
Faça a gente o que fizer / Que ninguém nos dá razão

Se bem fazemos, pecamos / Erramos, se mal fizemos
Se damos, è porque damos / E se não damos, ficamos
Mal vistos, porque não demos

Por isso eu sou assim tal como sou
Fiel e justo à minha opinião
Pensando só p’ra mim
Que apenas dou o sim
Que me dá o meu próprio coração

Este è doido se faz festa / Se a não faz, è presunçoso
Quem diz verdades, não presta / Se as não diz, è duvidoso

Um que à pressa vai andando / Outro que anda devagar
E assim vamos caminhando / Sem saber p’ra quem e quando
Estamos certos no andar