- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Poema sobre a areia

João Dias / Joaquim Campos *fado alexandrino*
Repertório de Rodrigo

Sobre a areia escaldante do sol, que estava há pouco
O corpo foi amante e o beijo longo e louco
Sobre a areia escaldante da praia de nós dois
O amor triunfante sem antes nem depois

Sobre a areia escaldante, o tempo sem idade
O amor é um instante, pedindo eternidade
O poema sem voz, mas vivo e importante
Inventámo-lo nós sobre a areia escaldante