-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores dos temas aqui apresentados.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* 7.350' LETRAS <> 3.180.000 VISITAS * ABRIL 2024 *

. . .

Meu porto de abrigo

António Terra / Casimiro Ramos *fado três bairros*
Repertório de António Terra

Estava a chegar o outono
Partiam as andorinhas
Dos seus ninhos nos beirais
Despertei de um longo sono
Como essas avezinhas
Eu rumei a outro cais

Naveguei sobre mar calmo
Águas limpas cristalinas 
Num azul, que linda cor
Ao som de um canto de salmo
Guiado por leis divinas 
Pró porto do teu amor

És porto do meu abrigo                                      
Onde me sinto em repouso 
Da fúria dos temporais                          
Agora que estou contigo     
Partir de ti eu não ouso 
Nem rumarei outro cais                    
       
És o astro benfazejo
Que curas as minhas feridas 
Desta vida que é tão dura
És a estrela que desejo
Ver no céu de nossas vidas 
Com amor muita ternura