- - -

- - -
° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...
- - -
° 6.000 publicações <> 1.750.000 visitas <> Maio 2020 °
- - -
° POR QUESTÕES DE FUNCIONALIDADE EXISTEM ÍNDICES DIVIDIDOS EM 2/3 COLUNAS // Os fados de Coimbra e os Humorísticos estão em colunas isoladas °
- - -
° Procure a letra do Fado // Pelo título correto // E veja aqui publicado // O seu Fado predileto // Se não encontra o seu fado preferido // Envie, por favor, o seu pedido °
- - -
° fadopoesia@gmail.com °

.

A cinza nunca está morta

Maria de Jesus Facco Viana / José Bacalhau *fado bacalhau*
Repertório de Vicente da Câmara

A cinza nunca está morta
Resta sempre uma centelha
Do lume que se apagou
Como a quem tudo suporta
Mesmo já depois de velha
Alguma vida ficou

Quantas vezes o ciúme
Surge tão forte e tão tarde / Verdadeiro e apaixonado
Na cinza renasce o lume
Quem julga que ela não arde / È louco e fica queimado

Todo o mistério tem vida
Toda a morte è aparente / E tudo a cinza retém
Cinza sagrada ungida
Na fronte de toda a gente / 
Que aceita não ser ninguém