<> Existe um espaço de 20 segundos entre o começo do Fado e a sua identificação <>
Loading ...
<> <> <> <> <>
Vai certamente encontrar // Algumas incorreções /:/ Se quiser, pode ajudar // Com boas informações.

<> <> <> <> <>
As letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <> <> <>
A seguir aos índices encontrará uma lista aconselhável de FONTES de FADO !!!

<> <> <>

<> <> <>
5.680 Letras / 1.320.000 VISITAS // JULHO 2019

De costas voltadas

Maria do Rosário Pedreira / Alfredo Duarte *fado pagém*
A partir do conto “A Bela e o Monstro” de Jeanne-Marie Leprince de Beaumont
Repertório de Aldina Duarte

Nunca fui o que quiseste
Fui sempre o que não gostavas
Deitei fora o que me deste
Pedi-te o que não me davas

Fui abraço de serpente / E beijo-amargo, limão
Fui um corpo sem ser gente / Mão que é prego noutra mão

Fui de promessa fingida / E rosto que não se encara
Dor que não chega a ser ferida / E até por isso não sara

Fui noites sem madrugadas / Desejo sem aflição
Estamos de costas voltadas / Por mais que digas que não