- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Rádio apadrinhada pelo mestre RODRIGO

Rádio apadrinhada pelo mestre RODRIGO
CANAL DE JOSÉ FERNANDES CASTRO EM PARCERIA COM A RÁDIO MIRA

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Loading ...

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

* As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores *

<> 6.305 LETRAS <> 2.180.000 VISITAS <> JUNHO DE 2021 <>

* ATINGIDO ESTE VALOR /*/ QUE ME FAZ SENTIR HONRADO /*/ CONTINUO, COM AMOR /*/ A SER SERVIDOR DO FADO *

* POIS MESMO DESAGRADANDO /*/ A *TROIANOS* MALDIZENTES /*/ OS "GREGOS VÃO APOIANDO /*/ E VÃO FICANDO CONTENTES *

* NÃO ENCONTRA O FADO PREFERIDO? /*/ ENVIE, POR FAVOR, O SEU PEDIDO * fadopoesia@gmail.com

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

* NASCEU ASSIM... CRESCEU ASSIM... CHAMA-SE FADO // Vasco Graça Moura // Porto 03.01.1942 // Lisboa 27.04.2014 *

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Pão caseiro

José Carlos Ary dos Santos / Nuno Nazareth Fernandes
Repertório de Maria Armanda

Ai o pãozinho com a côdea bem loirinha a cozer e a estalar
E a torradinha que apetece com o leite m
ais o café do bem-estar
Falta o pão da vianinha, pão saloio, pão espanhol
Falta o pão duma pombinha que nos vem à mão poisar

Pedir migalhas de sol

Muitas carcaças, muitas formas, muita açorda c
om o alho a temperar
Inda dizem que estou gorda, inda dizem que estou gorda

O pão tem bom paladar
Falta-me o pão com ternura, falta-me o pão da taleiga
Quando me dás dentadinhas
Quando me dás dentadinhas, eu sou um pão com manteiga

Pão dormido, pão marido, pão casado, pão caseiro
És o meu pão preferido, eu sou o teu pão inteiro
Pão cozido, pão cozido no meu próprio fogareiro

Pão com chouriço, pão com queijo, p
ão com mel a tostar a sua pele
Pão amassado, pão dorido, p
ão magoado, sem saber que é semeado
Pão de centeio, pão de trigo, p
ão de milho, todos farinha da pura
Quando o pão é nosso filho, é a côdea da ternura