- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Fado da Cezária

Silva Tavares / Filipe Duarte
Repertório de Tony de Matos

Tanta desgraça me alcança / Que já me sinto cansado
Da vida que não se cansa / De me fazer desgraçado

E como o fado alivia / As mágoas que a gente sente
Eu brindo à minha agonia noite e dia
Cantando constantemente

Foi um beijo venenoso
Demorado, langoroso
Que perverso me tornou;
Eu faço o que me fizeram
Pois ninguém foge ao seu fado;
Foi a mentir que mo deram
È a mentir que eu vos dou
  


Aquela a quem dei a vida / E o que eu tinha de mais meu
Não passa duma perdida / Sem saber quem a perdeu

É por isso que p'lo fado / A minh'alma se desgarra
Pois esquece o meu passado t
orturado
Quando chora uma guitarra