- - - - -

- - - - -
<> Clique na imagem e oiça Fado <>
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.650 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Se fosses primavera

Fernando Campos de Castro / Armando Machado fado súplica*
Repertório de Nelson Duarte
                                                                                                     
Se tu fosses amor a calmaria
Nesta praia sem fim onde me nego
Talvez quem sabe amor se venceria
O mar deste silêncio onde navego

Se tu fosses manhã ou essa estrela
Que parece tão longe e é tão perto
Quem me dera que fosses a janela
No longa solidão do meu deserto

Se tu fosses amor a pomba mansa
Qu’esvoaça sem medo aos desenganos
Talvez fosse de novo essa criança
Em mim adormecida há tantos anos

Se tu fosses somente o que desejo
Esta vida tão longa era bem pouca
Para ter finalmente aquele beijo
Que sempre me negou a tua boca